Em cozinhas industriais de pequeno, médio e grande porte, a agilidade no preparo dos pratos e a segurança dos alimentos serviços tornam-se indispensáveis. Nesse sentido, surgiram os passthroughs térmicos e refrigerados, também chamados de caixa de passagem, que fazem a comunicação entre a cozinha e a área de alimentação.

Trazemos, nesta semana, um artigo sobre os passthroughs térmicos e refrigerados, em que destacamos sua importância no dia a dia de uma cozinha industrial. Além disso, destacamos suas principais características e funcionalidades, que fazem deles equipamentos essenciais para qualquer cozinha industrial.

O que são os passthroughs?

De modo geral, podemos dizer que os passthroughs são caixas retangulares onde os alimentos são temporariamente armazenados, entre o momento de sua produção, na cozinha, e seu momento de consumo, na área de alimentação.

Indicados, principalmente, para cozinhas industriais de grande demanda e alta movimentação, possuem 2 aberturas, uma de cada lado, pelas quais os alimentos podem ser inseridos (pela cozinha) e retirados (na área de alimentação).

No interior de sua estrutura, contam com várias bandejas, onde os pratos podem ser inseridos até o momento de serem servidos, mantendo as propriedades fundamentais dos alimentos, como a cor, o cheiro, a textura e o sabor.

Os passthroughs têm 2 objetivos principais: aumentar a produtividade de sua cozinha, otimizando o fluxo de trabalho, e garantir a qualidade e a segurança dos alimentos até o momento do consumo, armazenando-os temporariamente em uma estrutura que os protege da contaminação pelo ambiente.

Quais são os modelos de passthroughs?

Como dissemos anteriormente, os passthroughs podem ser encontrados em 2 modelos: térmico e refrigerado. Embora apresentem modo de funcionamento semelhante, são utilizados para tipos de alimentos diferentes, tornando-se mais ou menos indicado dependendo das demandas do estabelecimento no dia a dia.

Os passthroughs térmicos são utilizados para manter os alimentos aquecidos. Por isso, são a melhor opção para o armazenamento temporário de carnes, massas e outros pratos em geral. Nesse modelo, o controle da temperatura é feito a partir de um display localizado na parte superior do equipamento.

Os passthroughs refrigerados, por sua vez, tornam-se ideais para alimentos frios, como saladas e sobremesas. Seu funcionamento é muito semelhante aos modelos térmicos, sendo a temperatura também determinada a partir de um controlador digital, que traz uma maior precisão ao equipamento.

Principais características e funcionalidades

Os passthroughs térmicos e refrigerados são equipamentos versáteis, práticos e eficientes, indispensáveis para qualquer cozinha industrial.

Como uma de suas principais vantagens, destacamos sua construção em aço inox 430. Além de garantir uma maior resistência e uma maior durabilidade do equipamento, evita a contaminação dos alimentos por qualquer vírus, bactéria ou agente estranho, mantendo sua qualidade e suas propriedades fundamentais.

Confira outras de suas vantagens:

  • Possui grande espaço interno, com 2 colunas de 10 prateleiras cada, comportando até 20 GN’s de 1:100;
  • Reduz o desperdício de alimentos, mantendo a temperatura ideal para sua conservação;
  • Evita a contaminação cruzada, gerada pelo fluxo de pessoas do salão para a cozinha, por exemplo, segundo as determinações da Anvisa.

A Deloc

Para aproveitar todos os benefícios e funcionalidades dos passthroughs térmicos e refrigerados, conte com a Deloc.

Somos uma empresa especializada na locação de equipamentos para cozinhas industriais, atuando, há mais de 10 anos, para levar a nossos clientes e parceiros as melhores soluções disponíveis no mercado.

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *